Casa à Venda

Casa - Ref: 13699

Anunciado há 4 meses

1800000 reais
353 m² totais
3 quartos
3 banheiros

O imóvel não está mais disponível? Por favor,

nos avise.

Informação do vendedor

Venda

    Tempo vendendo no Mercado Livre

    5 anos

Ver propriedades

    Código da propriedade

    13699

Simule seu financiamento on-line

NOVO

  • Informe seus dados para simular condições sob medida para você.

  • Receber um contato do parceiro para obter o financiamento.

Trabalhamos comCrediHome

Dicas de segurança

  • A partir de Mercado Libre, não te pediremos senhas, PIN nem códigos de verificação por WhatsApp, telefone, SMS ou e-mail.

  • Verifique se o imóvel existe e desconfie caso digam que precisam vendê-lo ou alugá-lo com urgência.

  • Confira o remetente dos e-mails para ter certeza de que foi enviado por Mercado Libre.

  • Peça o máximo de informações possíveis sobre o imóvel, bem como fotos e/ou vídeos para comprovar sua veracidade.

  • Suspeite se o valor te parecer muito baixo.

  • Não use serviços de pagamento anônimo para pagar, reservar ou antecipar dinheiro antes de ter visto o imóvel.

Localização

Av Gilda, Vila Gilda, Santo André, São Paulo

Características

Área total353 m²
Área útil353 m²
Quartos3
Banheiros3

Descrição

EXCELENTE IMOVEL - SERVE COMO RESIDENCIAL OU COMERCIAL, MELHOR LOCAL DA VILA GILDA PRÓXIMO AO TRÓLEIBUS, COMERCIO VARIADO, BANCOS, SUPERMERCADO. IDEAL PARA CLINICAS, ACDEMIAS ETC. 353 M2 ÁREA CONSTRUÍDA, TERRENO 10 X 38. Origem e resgate histórico O bairro Vila Gilda nasceu a partir de um território que no passado fazia parte das terras de Manoel José de Lima, no século 19. O proprietário do território ainda contava com um sítio nos arredores, próximo ao caminho do Pilar, ponto importante para mobilidade no passado. As informações estão contidas na tese de Iberê Luiz Di Tizio, "Santo André causa toponímica na denominação de seus bairro", apresentada à Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP (Universidade de São Paulo), em 2009. Como surgiu o nome? É provável que a denominação tenha ligação à "exaltação" ou "homenagem" a integrantes e/ou familiares dos loteadores do então bairro, como menciona Di Tizio em sua tese. Primeiros moradores e habitação Os primeiros moradores chegaram ao bairro em 1935, um pouco antes da emancipação de Santo André em relação a São Bernardo, fato sucedido em 1938. E a população que se instalou na Vila Gilda é composta por pessoas provenientes da região do ABC, de cidades paulistas e brasileiras, de forma geral. Loteamentos no bairro No ano de 1926, o território passou por loteamentos divididos, basicamente, em chácaras, as quais abrigavam criação de porcos, além de produção de tijolos. Nos anos 90, a Vila Gilda ainda integrou outros territórios também pertencentes a Manoel José de Lima, como o Jardim do Pilar, Vila Bandeirantes e Vila Apiaí. Dados atuais O bairro Vila Gilda conta com 6.239 habitantes, segundo dados do anuário de 2015, realizado pela Prefeitura de Santo André, com base em informações colhidas no ano de 2014. O levantamento apurou informações socioeconômicas e populacionais sobre os bairros da cidade. E as informações do bairro Vila Gilda foram apuradas junto com o bairro Pinheirinho, já que se trata de um trabalho extenso. Alguns dados de bairros com contextos semelhantes foram apurados de forma conjunta no anuário. Quanto às informações socioeconômicas obtidas no estudo, vale destacar que a renda mensal média familiar (per capita) é de R$ 3.778,56. Lembrando que o valor é obtido por meio da quantidade do rendimento individual de cada membro da família e, dessa forma, o resultado é dividido pela quantidade de todos os moradores da casa, incluindo as pessoas sem renda fixa mensal. Além dessas informações, o anuário ainda revela as faixas etárias predominantes e respectivos índices populacionais correspondentes: " 1.238 habitantes (grupo de pessoas com 60 anos ou mais); " 976 habitantes (grupo de pessoas entre 40 a 49 anos); " 972 habitantes (grupo de pessoas entre 30 a 39 anos); " 899 habitantes (grupo de pessoas ... *** Vide referências em www.colonia.com.br/referencias/bairros