Casa à Venda

Casa - Ref: 40541

Anunciado há 4 meses

599000 reais
300 m² totais
3 quartos
2 banheiros

O imóvel não está mais disponível? Por favor,

nos avise.

Informação do vendedor

Venda

    Tempo vendendo no Mercado Livre

    5 anos

Ver propriedades

    Código da propriedade

    40541

Simule seu financiamento on-line

NOVO

  • Informe seus dados para simular condições sob medida para você.

  • Receber um contato do parceiro para obter o financiamento.

Trabalhamos comCrediHome

Dicas de segurança

  • A partir de Mercado Libre, não te pediremos senhas, PIN nem códigos de verificação por WhatsApp, telefone, SMS ou e-mail.

  • Verifique se o imóvel existe e desconfie caso digam que precisam vendê-lo ou alugá-lo com urgência.

  • Confira o remetente dos e-mails para ter certeza de que foi enviado por Mercado Libre.

  • Peça o máximo de informações possíveis sobre o imóvel, bem como fotos e/ou vídeos para comprovar sua veracidade.

  • Suspeite se o valor te parecer muito baixo.

  • Não use serviços de pagamento anônimo para pagar, reservar ou antecipar dinheiro antes de ter visto o imóvel.

Localização

R Ubá, São Jorge de Tiradentes, Rio Bananal, Espírito Santo

Características

Área total300 m²
Área útil300 m²
Quartos3
Banheiros2

Descrição

. Origem e resgate histórico O bairro Cidade São Jorge surgiu entre os anos 50 e 60 e tem origem semelhante a localidades vizinhas, como Centreville, Parque Gerassi, Jardim Marek, Parque Marajoara e Jardim Santo Antonio de Pádua. E assim como esses lugares, Cidade Jardim São Jorge é um bairro essencialmente residencial, com presença marcante de imóveis tipo assobradados em boa parte de suas ruas. No passado, a área que atualmente abriga a Cidade São Jorge pertencia ao Sítio do Ribeiro (ou Sítio Cassaquera, como era habitualmente conhecido), da família Thon. Os donos das terras registraram os terrenos no ano de 1856, na Paróquia de São Bernardo, conforme informações divulgadas pelo blog "Santo André em Memória." Curiosamente, no final dos 40, a área atraía interessados em caçar animais pelo terreno. Na ocasião, os donos da terra pediram a Secretaria de Agricultura que interditasse a área, a fim de evitar a prática e reduzir a quantidade de pessoas motivadas a participarem de caçadas por lá. Como surgiu o nome? O nome Cidade São Jorge surgiu por volta dos anos 60, em 1968. E não vigora uma explicação exata para a origem do nome, que pode ser encontrado em outros bairros de várias cidades brasileiras. Primeiros moradores e habitação Como citado anteriormente, de fato, embora a Cidade São Jorge tenha origens e povoamento historicamente semelhantes aos bairros vizinhos, a localidade é um pouco mais antiga em relação ao povoamento e urbanização, que teve início entre os anos 50 e 60. Em 1962, foi criada a SAB (Sociedade Amigos do Bairro) de Cidade São Jorge, com o intuito de fortalecer as políticas e ações que beneficiassem o bairro. A SAB foi desativada em 1970, por não ter obtido êxito em suas atividades, mas foi reativada em 1979. Loteamentos no bairro Em tese, a partir da década de 60, verificou-se a intensificação no processo de loteamento da área que atualmente compreende o bairro Cidade São Jorge. O loteamento ocorreu nos arredores de uma olaria. Nessa época, houve procura significativa por terrenos na região. Porém os anos 80 também foram outro período marcante no que se refere ao aumento na demanda por lotes no bairro. Além disso, um dos pontos mais importantes relativos aos acessos a essas localidades é a avenida São Paulo. O local possui opções em comércio e serviços, além de ser ponto de passagem de ônibus com destinos a várias partes da cidade de Santo André. Dados atuais O bairro Cidade de São Jorge conta com mais 16.167 habitantes. As informações foram divulgadas no Anuário de 2015, da Prefeitura de Santo André - com base em dados de 2014. O bairro é um dos mais populosos do município. E, desse total consta: " 8.305 (mulheres) " 7.862 (homens) A faixa etária que predomina no bairro compreende pessoas entre 20 a 29 anos (com 3.056 habitantes). Além disso, nas faixas etárias: " De 30 a ... *** Vide referências em www.colonia.com.br/referencias/bairros