Casa à Venda

Casa - Ref: 35068

Anunciado há 4 meses

680000 reais
268 m² totais
3 quartos
3 banheiros

O imóvel não está mais disponível? Por favor,

nos avise.

Informação do vendedor

Venda

    Tempo vendendo no Mercado Livre

    5 anos

Ver propriedades

    Código da propriedade

    35068

Simule seu financiamento on-line

NOVO

  • Informe seus dados para simular condições sob medida para você.

  • Receber um contato do parceiro para obter o financiamento.

Trabalhamos comCrediHome

Dicas de segurança

  • A partir de Mercado Libre, não te pediremos senhas, PIN nem códigos de verificação por WhatsApp, telefone, SMS ou e-mail.

  • Verifique se o imóvel existe e desconfie caso digam que precisam vendê-lo ou alugá-lo com urgência.

  • Confira o remetente dos e-mails para ter certeza de que foi enviado por Mercado Libre.

  • Peça o máximo de informações possíveis sobre o imóvel, bem como fotos e/ou vídeos para comprovar sua veracidade.

  • Suspeite se o valor te parecer muito baixo.

  • Não use serviços de pagamento anônimo para pagar, reservar ou antecipar dinheiro antes de ter visto o imóvel.

Localização

R Araci, Sapucaia, Marilândia, Espírito Santo

Características

Área total268 m²
Área útil268 m²
Quartos3
Banheiros3

Descrição

Vila Curuça - Sobrado - 03 suites, Sala dois ambientes, copa/Cozinha, 03 banheiros, 01 lavabo, area de serviço, quiltal com churrasqueira, 05 vagas cobertas, bem localizado. Agende sua visita. Origem e resgate histórico O território que hoje compreende o bairro Vila Curuçá integrava as terras do então Sítio Jaçatuba, pertencente a João José Barbosa Ortiz. No ano de 1915, Erasmo Assumpção, então loteador do bairro, comprou, em 1915, as terras que atualmente integram a Vila Curuçá. Assumpção era industrial e banqueiro, inclusive, um dos proprietários do Banco Comercial de São Paulo, no ano de 1912. Erasmo ainda adquiriu outras terras em Santo André. As informações constam na tese de Iberê Luiz Di Tizio: "Santo André causa toponímica na denominação de seus bairros", apresentada à Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, da USP (Universidade de São Paulo), em 2009. Como surgiu o nome? Curuçá era o nome do cavalo de grande estima para Erasmo Assumpção. Dessa forma, justifica-se a denominação. Primeiros moradores e habitação Vale pontuar que os primeiros moradores da Vila Curuçá, de fato, vieram de regiões de toda a região do ABC, assim como do Estado de São Paulo e demais cidades brasileiras. Os primeiros loteamentos surgiram em 1928. Dados atuais O bairro Vila Curuçá conta com cerca de 11.557 habitantes, segundo dados colhidos pelo do anuário de 2015, realizado pela Prefeitura de Santo André, com base em informações do ano de 2014. O levantamento realizado pela prefeitura apurou resultados socioeconômicos e populacionais sobre os bairros da cidade, num material extenso com informações diversas sobre as localidades. Do índice populacional (11.557 habitantes): " 6.030 habitantes se referem à população feminina; " 5.527 habitantes correspondem à população masculina; " Além disso, a Vila Curuçá conta com 3.894 domicílios particulares permanentes ocupados, como cita o documento; Quanto às informações socioeconômicas, a renda mensal média familiar (per capita) é de R$ 1.641,67. Lembrando que o valor é obtido por meio da quantidade do rendimento individual de cada membro da família e, dessa forma, o resultado é dividido pela quantidade de todos os moradores da casa. O anuário elaborado pela Prefeitura de Santo André ainda aponta as faixas etárias predominantes observadas, conforme os dados colhidos pelo anuário municipal: " Cerca de 1.992 habitantes (grupo de pessoas entre 20 a 29 anos); " Cerca de 1.752 habitantes (grupo de pessoas com 60 anos ou mais); " Cerca de 1.736 habitantes (grupo de pessoas entre 40 a 49 anos); " Cerca de 1.734 habitantes (grupo de pessoas entre 30 a 39 anos); " Cerca de 1.484 habitantes (grupo de pessoas entre 50 a 59 anos); Observe ainda as demais faixas etárias apuradas: " Cerca de 801 habitantes (grupo de pessoas entre 15 a 19 anos); &qu... *** Vide referências em www.colonia.com.br/referencias/bairros